Escolha uma Página

25/09 às 15h – Sala 307 do Bloco O

Álvaro de Vita
Departamento de Ciência Política da USP

Resumo

Examina-se o debate normativo contemporâneo sobre a justiça social da perspectiva da teoria política normativa do “liberalismo igualitário”. Serão discutidos os méritos relativos do liberalismo igualitário em contraste com duas posições normativas (influentes nesse debate) que rejeitam a proposição de que a justiça requer alguma forma de igualdade socioeconômica: o “libertarianismo” e o “suficientismo”. Em contraposição a uma teoria política liberal anti-igualitária, o “libertarianismo”, argumenta-se que uma noção de “liberdade efetiva”, e não de liberdade negativa, é central para o liberalismo igualitário. E, em contraste com uma perspectiva normativa sobre questões de disparidades socioeconômicas que se expressa na defesa de um padrão de suficiência, serão examinadas razões pelas quais devemos, em uma sociedade democrática, nos preocupar não somente com a abolição da pobreza, mas também com disparidades relativas de vantagens sociais.

Artigo Completo

Programação completa do Seminário do PPGCP em 2012